Levantamento preliminar de psychotria L. (Rubiaceae) no estado do pará




Дата канвертавання25.04.2016
Памер36.51 Kb.










LEVANTAMENTO PRELIMINAR DE Psychotria L. (RUBIACEAE) NO ESTADO DO PARÁ.

Alexandre Salgado de Souza¹, Luciano F. Margalho², Regina C. V. Martins-Da-Silva³



1 Bolsista Pibic Embrapa Amazônia Oriental, Laboratório de Botânica, alexandresalgado86@gmail.com

2 Pesquisador bolsista FAPESPA Embrapa Amazônia Oriental, Laboratório de Botânica, lucianomargalho@hotmail.com

3 Pesquisadora Embrapa Amazônia Oriental, Laboratório de Botânica, regina@cpatu.embrapa.br

Resumo: Realizou-se, no período de outubro/2010 a janeiro/2011, o levantamento dos táxons de Psychotria (Rubiaceae) ocorrentes no Estado do Pará. Este estudo foi baseado no acervo do Herbário IAN da Embrapa Amazônia Oriental, o qual conta com suas coleções informatizadas através do Sistema BRAHMS (Botanical Research and Herbarium Management System). As informações sobre Psychotria disponíveis no banco de dados foram conferidas e corrigidas, quando necessário, de acordo com a etiqueta das respectivas exsicatas. Dados de novos exemplares que ainda não constavam no banco de dados, foram adicionados. A grafia referente aos nomes científicos foi conferida e corrigida com base na Lista de Espécies da Flora do Brasil (Jardim Botânico do Rio de Janeiro) e no banco de dados W3Tropicos (Missouri Botanical Garden). No acervo do Herbário IAN, foram encontrados 1.201 exemplares de Psychotria classificados em 158 espécies, das quais 57 foram coletadas no Estado do Pará. Verificou-se que as regiões centro-sul e noroeste do Estado não apresentam espécimes desse gênero no acervo. Os resultados obtidos são ainda preliminares, sendo necessário o acréscimo de informações de outros herbários como INPA, K, MG, MO, NY e RB e a revisão nomenclatural dos táxons.

Palavras-chave: banco de dados, coleções, herbário
Introdução

Psychotria L. é o maior gênero de Rubiaceae, compreendendo aproximadamente 2000 espécies (COELHO & BARBOSA, 2004). Possui diversas propriedades farmacológicas descritas na literatura (FARIAS, 2006). Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes, por exemplo, possui em suas raízes dois importantes alcalóides de uso farmacológico: a emetina e a cefalina, utilizados no tratamento antidiarréico, amebicida, expectorante e antiinflamatório (LAMEIRA, 2002). Destacam-se também espécies que possuem atividade sobre o sistema nervoso central como P. viridis Ruiz & Pav. e P. carthagenensis Jacq., que são constituintes da ayahuasca, uma bebida alucinógena de origem indígena da Amazônia (FARIAS, 2006). O objetivo deste trabalho foi realizar o levantamento do gênero Psychotria no Pará visando contribuir para o conhecimento da flora desse Estado.
Material e Métodos

O estudo foi realizado no Herbário IAN, utilizando o banco de dados no sistema BRAHMS (Botanical Research and Herbarium Management System). Os registros de Psychotria foram verificados e corrigidos, quando necessário, de acordo com as informações presentes nas exsicatas. Dados de novos exemplares que ainda não constavam no banco de dados, foram adicionados. A grafia correta dos nomes científicos das espécies foi corrigida com base na Lista do Brasil (FORZZA, 2010) e no Tropicos (2010). Posteriormente, foram filtrados, do sistema BRAHMS, somente os registros de Psychotria coletados no Pará para elaborar a lista dos táxons coletados nesse Estado. A estes registros, foram acrescentadas as coordenadas geográficas com auxilio do aplicativo Google Earth (2010). Finalmente, com essas informações, foi gerado neste aplicativo o mapa de distribuição de Psychotria no Pará. Não houve atualização nomenclatural das espécies.



Resultados e Discussão

Foram conferidos, no banco de dados, 1201 registros pertencentes ao gênero Psychotria, os quais representam 158 espécies. Desses registros, 456 foram coletados no Pará e encontram-se circunscritos a 57 táxons (Quadro 1). As espécies mais representativas, em termos de coleta, no Estado de acordo com os dados do IAN são Psychotria racemosa Rich e P. mapourioides DC., cada uma com 32 exemplares. Essas coletas foram realizadas principalmente nos municípios de Belém e Santarém, com 97 e 21 exemplares respectivamente. Os coletores que mais contribuíram para o acervo de Psychotria do IAN são: Pires, J.M. (82 exemplares), e Fróes, R.L.(63 exemplares). Entre 1950 e 1959, foi coletado e depositado nesse Herbário o maior número de amostras de Psychotria. As regiões centro-oeste e noroeste não apresentaram registros desse gênero (Figura 1). Os resultados deste trabalho mostram que as espécies P. racemosa Rich e P. mapourioides DC. encontram-se melhor representadas em número de amostras. Porém, não é possível afirmar que essas espécies possuam distribuição ampla no Estado, sendo necessária a obtenção adicional de dados de coleta dos herbários INPA, K, MG, MO, NY e RB, além de coletas em áreas onde não houvesse registro.


Quadro 1: Lista preliminar de espécies ocorrentes no Estado do Pará de acordo com o acervo do Herbário IAN

Psychotria alba Ruiz & Pav.

Psychotria microcephala (Willd ex Roem. & Schult.) Müll. Arg.

Psychotria amplectens Benth.

Psychotria moroidea Steyerm.

Psychotria anceps Kunth in H.B.K.

Psychotria muscosa (Jacq.) Steyerm.

Psychotria appendiculata Müll. Arg.

Psychotria myriantha Müll. Arg.

Psychotria barbiflora DC.

Psychotria nudiceps Standl.

Psychotria blepharophylla (Standl.) Steyerm.

Psychotria oblonga (DC.) Steyerm.

Psychotria brachybotrya Müll. Arg.

Psychotria pacimonica Müll. Arg. in Mart.

Psychotria bracteocardia (DC.) Müll. Arg.

Psychotria paniculada (Aubl.) Raeusch.

Psychotria bracteolata M. Martens & Galeotti

Psychotria platypoda DC.

Psychotria capitata Ruiz & Pav.

Psychotria poeppigiana Müll. Arg.

Psychotria carthagenensis Jacq.

Psychotria polycephala Benth.

Psychotria chionantha (DC.) Britton

Psychotria prunifolia (Kunth) Steyerm.

Psychotria chlorantha Benth.

Psychotria pubescens Sw.

Psychotria colorata (Willd ex. Roem. & Schult.) Müll. Arg.

Psychotria racemosa Rich

Psychotria cornifolia Kunth

Psychotria remota Benth

Psychotria crocea Sw.

Psychotria rosea (Benth.) Müll. Arg.

Psychotria cupularis (Müll. Arg.) Standl.

Psychotria rubra (Lour.) Poir.

Psychotria cuspidata Bredem ex. Roem. & Schult.

Psychotria rudgei Bremek.

Psychotria deflexa DC.

Psychotria ruelliifolia (Cham. & Schltdl.) Müll. Arg.

Psychotria erecta (Aubl.) Standl. & Steyerm.

Psychotria sambucina Link ex Roem. & Schult.

Psychotria glabrescens Müll. Arg.

Psychotria stipulosa Müll. Arg.

Psychotria hoffmannseggiana (Willd. ex Roem.& Schult.) Müll. Arg.

Psychotria subundulata Benth.

Psychotria iodotricha Müll. Arg.

Psychotria tapajozensis Standl.

Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes

Psychotria trichophoroides Müll. Arg.

Psychotria japurensis Müll. Arg.

Psychotria uliginosa Sw.

Psychotria kappleri (Miq.) Müll. Arg ex Benoist.

Psychotria ulviformis Steyerm.

Psychotria lupulina Benth.

Psychotria variegata Steyerm.

Psychotria mapourioides DC.

Psychotria wallisiana Müll. Arg.

Psychotria microbotrys Ruiz ex Standl.






Figura 1: Distribuição de Psychotria no Estado do Pará de acordo com os dados do acervo do Herbário IAN.
Conclusão

Segundo os dados do IAN, o centro-sul e noroeste do Pará não apresentam registros de espécies de Psychotria, sendo necessário, portanto, que sejam realizadas coletas nos municípios que integram essas regiões. A lista de espécies de Psychotria do Estado é um dado preliminar, uma vez que é necessário ainda, o acréscimo de informações dos herbários INPA, K, MG, MO, NY, RB que possuem em seus acervos material coletado nesse Estado.


Agradecimentos

Ao Projeto Prestação de Serviços Ambientais por Opções de Manejo em Sistemas Produtivos na Amazônia (02.08.06.005.00.03) pela bolsa concedida e, ao Projeto Manejo Florestal na Amazônia (MFA - 02.08.06.06.00.04) pelo apoio logístico.


Referências Bibliográficas

Coelho, C. P. & Barbosa, A. A. A. Biologia reprodutiva de Psychotria poeppigiana Müll. Arg.(Rubiaceae) em mata de galeria. Acta bot. bras. v. 18, n. 1, p. 481-489, 2004.

Farias, F. M. Psychotria myriantha Müll. Arg.: caracterização dos alcalóides e avaliação das atividades antiquimiotaxica e sobre o sistema nervoso central. 2006. 217 f. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul. 2006.

FORZZA, R. Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. 2010. Disponível em: . Acesso Dezembro de 2010.



IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Disponível em: . Acesso em: Novembro de 2010.

Lameira, O. A. Cultivo da Ipecacuanha [Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes] Belém; EMBRAPA Amazônia Oriental. 2002. Circular Técnica, n.28, Setembro, 2002.

TROPICOS.org. Missouri Botanical Garden. Disponível em: . Acesso em: Novembro de 2010.


База данных защищена авторским правом ©shkola.of.by 2016
звярнуцца да адміністрацыі

    Галоўная старонка